Jesus morreu mesmo numa cruz?

O Conceito da Bíblia

Jesus morreu mesmo
numa cruz?

A CRUZ é um dos símbolos religiosos mais
conhecidos. Milhões de pessoas a veneram, acreditando que é o
instrumento em que Jesus foi morto. O escritor e arqueólogo
católico-romano Adolphe-Napoleon Didron disse: “A cruz tem sido adorada
de forma similar, se não igual, à forma como se adora a Cristo; esse
santo lenho é adorado quase da mesma maneira em que se adora o próprio
Deus.”

Alguns dizem que, quando oram, a cruz os faz sentir-se mais perto de
Deus. Outros a usam como amuleto, achando que ela os protege do mal. Mas
será que os cristãos devem usar a cruz como objeto de adoração? Jesus
morreu mesmo numa cruz? O que a Bíblia ensina a respeito disso?

O que a cruz simboliza?

Muito antes da era cristã, os antigos babilônios usavam cruzes como
símbolos na adoração do deus da fertilidade, Tamuz. O uso da cruz se
espalhou pelo Egito, pela Índia, pela Síria e pela China. Daí, séculos
depois, os israelitas corromperam a adoração de Jeová com atos de
veneração ao deus falso Tamuz. A Bíblia se refere a essa forma de
adoração como ‘coisa detestável’. — Ezequiel
8:13, 14
.

Os relatos evangélicos de Mateus, Marcos, Lucas e João usam a palavra
grega stau·ros´ quando se referem ao instrumento de execução
em que Jesus morreu. (Mateus 27:40; Marcos 15:30;
Lucas 23:26)
Essa palavra se refere a um poste, uma estaca ou um mastro. O livro The
Non-Christian Cross
(A Cruz Não-Cristã), de J. D. Parsons,
explica: “Não existe uma única sentença em nenhum dos inúmeros escritos
que formam o Novo Testamento que, no grego original, forneça sequer
evidência indireta no sentido de que o stauros usado no caso de Jesus
fosse diferente do stauros comum; muito menos no sentido de que
consistisse, não em um só pedaço de madeira, mas em dois pedaços
pregados juntos em forma de uma cruz.”

Alguns desenhos antigos mostram o uso de um único poste
de madeira nas execuções romanas

Conforme registrado em Atos 5:30, o
apóstolo Pedro usou a palavra xy´lon, que significa “árvore”,
como sinônimo de stau·ros´, indicando não uma cruz com duas
vigas, mas um simples pedaço de madeira na vertical, ou árvore. Foi
cerca de 300 anos depois da morte de Cristo que alguns professos
cristãos promoveram a idéia de que ele morreu numa cruz de duas vigas.
Mas essa idéia se baseava na tradição e no uso errado da palavra grega stau·ros´.
É digno de nota que alguns desenhos antigos, que retratam execuções
romanas, mostrem um único poste de madeira ou uma árvore.

“Guardai-vos dos ídolos”

A questão mais importante para os cristãos verdadeiros é: deve-se
venerar o instrumento usado para matar Jesus? Quer tenha sido uma única
estaca reta de tortura, uma cruz, uma flecha, uma lança, quer uma faca,
deve-se usar tal instrumento na adoração?

Suponhamos que alguém que você ama tenha sido assassinado brutalmente
e a arma, apresentada como prova no tribunal. Você tentaria obter posse
dessa arma, tiraria fotos dela e faria várias cópias para distribuição?
Faria réplicas de diversos tamanhos e então transformaria algumas em
jóias? Ou produziria réplicas a fim de serem vendidas a amigos e
parentes para serem adoradas? É provável que essa idéia lhe seja
repulsiva! Mas é exatamente isso o que tem sido feito com a cruz.

Além disso, usar a cruz na adoração é o mesmo que usar imagens,
uma prática que a Bíblia condena. (Êxodo 20:2-5;
Deuteronômio
4:25, 26
) O apóstolo João refletiu com exatidão os ensinos do
verdadeiro cristianismo quando exortou seus irmãos cristãos com as
palavras: “Guardai-vos dos ídolos.” (1 João 5:21)
Eles faziam isso até mesmo quando tinham de enfrentar a morte na arena
romana.

No entanto, os cristãos do primeiro século davam muito valor à morte
sacrificial de Jesus. Da mesma maneira hoje, embora não se deva adorar o
instrumento usado para torturar e matar Jesus, os cristãos verdadeiros
comemoram a morte dele
como sendo o meio que Deus usa para salvar humanos imperfeitos. (Mateus 20:28)
Essa expressão superlativa do amor de Deus trará inúmeras bênçãos aos
que amam a verdade, incluindo a perspectiva de vida eterna. — João 17:3; Revelação
(Apocalipse) 21:3, 4
.

 

Publicado em Despertai!  de
abril de 2006

Página inicial |
Crenças
| Futuro
| Medicina
| Assuntos
| Contate-nos
| Publicações
| Idiomas | Índice

Copyright ©
2009 Watch Tower Bible and Tract Society of Pennsylvania. All rights
reserved.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s